A batalha dos Cs da comunicação: Campanha vs. Conteúdo

Maio de 2019

Artigos em destaque

Já escrevemos em ocasiões anteriores que para se criar uma relação emocional e duradoura entre marcas e consumidores é importante que as empresas construam um bom storytelling e explorem diferentes aspectos e canais de comunicação com o seu público. Hoje abordaremos um tópico também relacionado a esse universo, mas que tem gerado algumas dúvidas na cabeça de muitos marqueteiros.


Afinal, o que deve ser priorizado em uma boa estratégia de comunicação: campanhas publicitárias ou o marketing de conteúdo?


Depende. A resposta dependerá do momento e do contexto no qual sua marca está inserida e também do objetivo que se deseja alcançar. Mas fique sabendo que os dois são essenciais para uma estratégia de sucesso.


As campanhas publicitárias são necessárias sobretudo para as marcas que têm um calendário cheio de lançamentos, vendas ou eventos, pois trazem um retorno mais imediato. Elas são mais pontuais já que não é nada prático planejar, produzir e executá-las. E por serem esporádicas e de duração limitada, você acaba perdendo o contato com a sua audiência se depender apenas desse recurso para falar com o seu público.


Além disso, o resultado de qualquer ação publicitária está diretamente atrelado ao valor do investimento destinado para a sua divulgação. Para se atingir uma grande parcela do seu público, você terá que investir muito dinheiro. Vale ressaltar que a sua receita tende a aumentar quanto maior for o investimento, mas seu ROI deverá permanecer ligeiramente constante com a campanha.


Por conta desses fatores, cada vez mais os orçamentos do marketing estão sendo desviados do foco transitório das campanhas e estão sendo compartilhados de forma mais ampla no espaço digital através de diferentes tipos e formatos de conteúdo, onde o público pode se conectar com a essência da sua marca 24 horas por dia.


Quando você cria um bom conteúdo, ele trabalha a seu favor por muito mais tempo e, num cenário ideal, vai conquistando autoridade e fazendo com que o seu tráfego e sua reputação aumentem, seu investimento seja diluído, gerando mais clientes e um consequente aumento do retorno sobre o investimento (ROI).


Isso tem sido impulsionado pelas rápidas mudanças do mundo mais digital em que vivemos e influenciado pelos desejos culturais mais imediatistas que inspiraram uma abordagem baseada em permissão para o marketing, na qual as pessoas se inscrevem para serem atualizadas e onde as marcas são vistas como líderes de pensamento e estilo.


O fato é que tanto as campanhas publicitárias quanto o marketing de conteúdo podem ser efetivos, desde que apresentem mensagens relevantes e sejam executados corretamente. A maior diferença entre os dois é o prazo e a gama de objetivos possíveis.

No futuro cenário das comunicações provavelmente não veremos a morte das campanhas tradicionais, mas sim a integração delas como "momentos especiais" (assim como aniversários e datas comemorativas) dentro do ciclo de uma estratégia de conteúdo da marca.


Precisando de ajuda para montar uma estratégia de comunicação vencedora para a sua marca? Fale com a gente.


Por Rodolfo Felipe